Coleção do ex-senador da Primeira República Álvaro de Carvalho já está disponível para consulta

O Arquivo Histórico e Institucional do Museu da República concluiu todas as fases do tratamento técnico da Coleção Álvaro de Carvalho, passando a disponibilizá-la para consulta do público pesquisador.

O senador Álvaro de Carvalho foi um político do Partido Republicano Paulista (PRP) e teve sua atuação na Primeira República interrompida após a Revolução de 30, quando partiu para o exílio na Alemanha.

A coleção é composta, em grande parte, pela correspondência recebida de políticos, jornalistas e empresários do período da Primeira República, que se inicia em 15 de novembro de 1889 e termina com a deposição de Washington Luís, na Revolução de 1930.

Genro do ex-presidente Rodrigues Alves e bisavô do compositor Chico Buarque de Holanda, Álvaro de Carvalho fornece, por meio da memória de sua coleção, informações sobre articulações internacionais, coligações partidárias, greve de 1917, relações com a imprensa, leis trabalhistas, entre outras que rondaram a política da Primeira República Brasileira.

As cartas, telegramas, recortes de jornais, e outros itens da Coleção fornecem pistas também sobre como negociava a elite cafeeira. Entre os remetentes ilustres das mensagens a Álvaro de Carvalho estiveram os ex-presidentes Washington Luís, Nilo Peçanha, Epitácio Pessoa, Prudente de Moraes e Venceslau Brás.

O acervo foi doado em 2015 ao Museu da República tendo sido acondicionado nas áreas da Reserva Técnica, Biblioteca e Arquivo Histórico e Institucional. As consultas ao acervo do Arquivo Histórico e Institucional do Museu da República podem ser realizadas de segunda a sexta-feira, entre 10h e 17h, sendo necessário agendamento prévio pelo e-mail: mr.arquivo@museus.gov.br.

Publicado em

Deixe seu comentário

COMETÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days