Casa cheia para conversar sobre fotojornalismo na 62ª Jornada Republicana

62a Jornada_foto Dante Gastaldoni 1

O Auditório Apolônio de Carvalho foi pequeno para acolher o público que compareceu à “62ª Jornada Republicana”, que teve como tema “Fotojornalismo: a visão dos fotógrafos do Rio de Janeiro – 1961/1991″.

Numa conversa informal, fotógrafos da Arfoc (Associação de Repórteres Fotográficos Cinematográficos do Rio de Janeiro) apresentaram imagens de momentos e eventos que marcaram a trajetória social e política do Rio de Janeiro e do país, entre 1961 a 1991. Os fotógrafos Alcyr Cavalcanti, Dante Gastaldoni e Evandro Teixeira falaram sobre suas trajetórias e relembraram situações dramáticas e também pitorescas, refletindo sobre o papel da imagem em nosso imaginário político e histórico.

Maria Helena Versiani, historiadora e pesquisadora do Museu da República, que organizou o evento em conjunto com a também pesquisadora Elisabeth Sussekind e o estagiário Paulo Blengini, registra que os fotógrafos mostraram a relação profunda entre a reportagem fotográfica e a sociedade política, econômica, cultural em que ela ocorre, sendo impactada e impactando.

Um momento divertido da noite foi a chegada “inesperada” de Evandro Teixeira, lenda do fotojornalismo brasileiro. Preso no trânsito da Barra até a Gávea, o fotógrafo chegou com atraso já no meio da Jornada, sendo saudado efusivamente por todos os presentes.

62a Jornada_foto Dante Gastaldoni 2

Fotos: Dante Gastaldoni

Publicado em

Deixe seu comentário

COMETÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days