17ª Semana Nacional de Museus no Museu da República

capa-evento17SNM-MR

De 13 a 19 de maio acontece a 17ª Semana Nacional de Museus – SNM, temporada cultural promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus em comemoração ao Dia Internacional de Museus (18 de maio). O Museu da República traz uma programação inédita com seminários, novas exposições, oficinas e palestras par celebrar o tema “Museus como núcleos culturais: o futuro das tradições”.

O tema, proposto pelo Conselho Internacional de Museus (ICOM) para as comemorações do dia 18 de maio, como já é tradição, inspira diálogos com permanências, singularidades e inovações na 17ª Semana Nacional de Museus. Trata-se de um momento propício para fomentar debates no campo museal, para estimular a realização e o desenvolvimento de projetos e atividades museológicas que podem ser de curta, média ou longa duração.

O conceito de núcleo contido no tema da Semana, bem como o de tradição, sob uma perspectiva antropológica e sociológica, não possui um sentido único. É com base nessa pluralidade de possibilidades e de tradições que o Museu da República propõe sua programação para a Semana Nacional de Museus.

Confira a programação:

  • 13/05/2019 – das 18h30 às 20h30 (segunda-feira)

Seminário: Haja hoje para tanto ontem – A fotografia no trânsito da história.

O seminário reflete sobre a prática fotográfica, como fonte e objeto da história e como agente que constrói acontecimentos e narrativas sobre o passado. Serão apresentadas uma análise geral do tema e a experiência de cobertura fotográfica do congresso que discutiu a reconstrução da UNE, em 1979, no contexto da luta por liberdades democráticas no Brasil, e que gerou o primeiro fotolivro de ação política publicado no país. Debatedores: Ana Maria Mauad e Milton Guran.

Ana Maria Mauad é professora titular do departamento de História da Universidade Federal Fluminense, pesquisadora do Laboratório de História Oral e Imagem da mesma universidade, do CNPq e do Programa Cientista do Nosso Estado/FAPERJ. Dedica-se ao ensino e ao estudo da história da memória, história da imagem e história oral. Atua na Rede Brasileira de História Pública e é autora de artigos, livros e capítulos de livros sobre a relação entre fotografia, memória e os usos do passado.

Milton Guran é fotógrafo e antropólogo, pesquisador do Laboratório de História Oral e Imagem da Universidade Federal Fluminense. Autor de diversas obras no campo da fotografia e da antropologia, dentre elas “Encontro na Bahia 79”. Criador e coordenador do FotoRio – Encontro Internacional de Fotografia do Rio de Janeiro e vice-presidente do Comitê Científico Internacional do Projeto Rota do Escravo, da UNESCO.

  • 14/05/2019 – das 18h30 às 20h30 (terça-feira)

59ª Jornada Republicana: O corpo como primeiro patrimônio

A 59ª Jornada Republicana abordará os efeitos do movimento e do corpo no tempo.

DEBATEDORAS

Maria José Sousa dos Santos é médica maranhense. Clinicou durante 26 anos com uma perspectiva predominante de construção de saúde. Nesse sentido, a atividade corporal sempre foi um caminho terapêutico privilegiado. Há mais de 25 anos pesquisa o movimento corporal, movimento do ser humano. Dedica-se de forma permanente aos estudos, não apenas com o intuito de agregar densidade às suas reflexões, mas compreendendo-os como prática comprometida com a construção do social.

Sylvia Monnerat é pedagoga, com especialização em psicomotricidade e terapia corporal. Atuou em vários museus do Rio de Janeiro. No Museu da República,  integrou o Setor Educativo e participou do projeto Patrimônio, Vida e Preservação, com oficinas de consciência corporal, a partir da percepção do corpo como um patrimônio singular que tem profunda relação com a construção do Ser e do Ser cidadão. Atualmente, realiza, no Museu da República, o curso Movimento Consciente e Dança de Salão.

  • 14/05/2019 – das 18h às 18h30 (terça-feira)

ADIADO! Leitura de poesia: 105 anos de Abdias do Nascimento

Leitura de poesias de Abdias do Nascimento por Francisco César Manhães e Mário Chagas.

  • 15/05/2019 – das 18h às 18h30 (quarta-feira)
  • NOVA DATA: 28/05/2019 – das 18h às 18h30 (quarta-feira)

ADIADO! Mesa-redonda do Seminário: Haja hoje para tanto ontem – O que a abolição não aboliu.

Debatedores: Marcelo Dias, dirigente nacional do Movimento Negro Unificado (MNU) e coordenador da Frente de Juristas Negras e Negros do Estado do RJ, e Mônica Lima, professora do Instituto de História e coordenadora do Laboratório de Estudos Africanos (LEÁFRICA) da UFRJ.

  • 15/05/2019 – às 11h (quinta-feira)
  • NOVA DATA: 28/05/2019 – das 18h30 às 20h30 (quarta-feira)

Inauguração da exposição “Palácio, Presidência, Museu”.

Primeira etapa da nova exposição sobre a História do Palácio do Catete, desde sua fundação até tornar-se Museu da República. A nova exposição que tratará em três etapas a história do Palácio do Catete – como residência, presidência e museu – traz peças do acervo do Museu da República até então preservadas em sua Reserva Técnica e Arquivo Histórico e Institucional. A mostra celebra, também, a aquisição do quadro “Barão e Baronesa de Nova Friburgo”. Esta primeira etapa desdobra o contexto história do Palácio do Catete no século XIX.

  • 17/05/2019 – às 15h (sexta-feira)

Lançamento de publicações da coleção “Documentos Museológicos”

Nesta tarde de sexta-feira, serão lançadas as seguintes publicações, seguidas de mesa de autógrafos:

  • República em Documentos: série documentos arquivísticos nº 2. Documentos Cartográficos
  • República em Documentos: série documentos museológicos nº 2. Compromisso Constitucional.
  • República em Documentos: série documentos museológicos nº 3. A Pátria.
  • República em Documentos: série documentos museológicos nº 4. Coleção de Alegorias.
  • República em Documentos: série documentos museológicos nº 5. Jardim Histórico do Museu da República.

 

  • 17/05/2019 – das 18 às 20h (sexta-feira)

Cineclube Silvio Tendler – Nosso Sagrado 

O Cineclube Silvio Tendler – Museu da República de maio de 2019 traz o documentário “Nosso Sagrado”, de Fernando Sousa, Gabriel Barbosa e Jorge Santana, para abordar a atuação do estado ao longo da história republicana do Brasil frente aos ritos religiosos afro-brasileiros.
O filme investiga a perseguição e o racismo religioso mais especificamente contra o Candomblé e a Umbanda, que foram criminalizados na Primeira República e na Era Vargas. Durante esse período, objetos litúrgicos de religiões afro-brasileiras foram apreendidos pela polícia. As peças sagradas da Umbanda e do Candomblé foram designadas como “Coleção Magia Negra” e ainda hoje estão mantidas no Museu da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro.
A partir da fala de religiosos, pesquisadores e ativistas, o documentário busca entender a importância do acervo de religiões de matriz africana, a luta pela sua libertação e os efeitos do racismo religioso.

Informações.

  • 18/05/2019 e 19/05/2019 – das 10h às 20h (sábado e domingo)

EVENTO CANCELADO! Festival do Café

Oficinas e palestras com baristas e estudiosos do café oferecidas ao público do Museu da República nos jardins do Palácio do Catete.

Mais informações.

  • 18/05/2019 a 18/08/2019

Exposição “#MUSEUdeMEMES: A política dos memes e os memes da política”. A exposição é resultado das pesquisas desenvolvidas para o Simpósio #MUSEUdeMEMES, que ocorre entre 29 e 31 de maio no Museu da República, e apresenta um conjunto de memes e obras, digitais e analógicas, que discutem a relação entre memes e o universo da política, das campanhas eleitorais ao ativismo, do humor satírico à questão das fake news. A exposição será inaugurada no dia 18 de maio.

Mais informações.

  • 19/05/2019 – às 16h (sábado)

EVENTO CANCELADO! Performance “Manual Derivado”, com Fernanda Nicolini

A performance reflete, através do diálogo entre a artista e o público, sobre os saberes manuais esquecidos dando lugar a tecnologia e estabelecendo outras relações entre tempo e conhecimento. Tudo acontece enquanto são manipulados fios eletrônicos descartados. Manual Derivado propõe uma pausa e o encontro físico para o autoconhecimento e a consciência coletiva de nossa sociedade.

Conheça mais sobre o tema “Museus como núcleos culturais: o futuro das tradições”.

Serviço:

Museu da República

Rua do Catete, 153 – Catete, Rio de Janeiro – RJ

Telefone: (21) 2127-0324

mr@museus.gov.br

museudarepublica.museus.gov.br

Funcionamento:

De terça a sexta-feira*, das 10h às 17h (*Quartas-feiras: Em atendimento à Lei Municipal 6278/2017, que versa sobre horário exclusivo para visitação de pessoas com deficiências intelectuais e/ou mentais e seus acompanhantes, informamos que o horário de visitação nas quartas-feiras será: das 10 às 11 horas - Horário exclusivo para visitação de pessoas com deficiências intelectuais e/ou mentais e seus acompanhantes, e das 11 às 17 horas – Visitação regular.)

Sábados, domingos e feriados, das 11h às 18h.

Horário do Jardim: diariamente, das 8h às 18h.

Ingressos:

R$ 6,00 (entrada franca às quartas-feiras e aos domingos)

A programação da 17ª Semana Nacional de Museus é gratuita, à exceção da entrada nas exposições Palácio, Presidência, Museu e #MUSEUdeMEMES, que seguem a política de preços da bilheteria do Palácio do Catete.

Publicado em

Deixe seu comentário

COMETÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days