Biblioteca

Localização/Contato
Rua do Catete, 153 – Catete
Prédio Anexo, 3º andar
Tel: 2127-0339 / 2127-0343
mr.biblioteca@museus.gov.br
Histórico
O primeiro registro do livro de tombo da Biblioteca data de 11 de agosto de 1964, quatro anos após o Palácio do Catete, até então sede da Presidência da República, ter se transformado no Museu da República. Nessa época, o Museu da República (MR) fazia parte da estrutura do Museu Histórico Nacional (MHN), Divisão de História da Republica, e o acervo da Biblioteca começou a ser formado por obras transferidas do acervo do próprio MHN, acrescido por doações de nomes expressivos da história republicana brasileira ao longo dos anos.
Em 1983, o Museu da República se desvinculou do Museu Histórico Nacional, teve o seu primeiro regimento interno aprovado e a Biblioteca passou a fazer parte da Divisão de Documentação e Pesquisa. Entre 1986 e 1988, como parte de uma reestruturação administrativa, teve o seu acervo atualizado, por meio de um convênio com o CNPq, com a aquisição de obras de referência, história, literatura e artes.
Na década de 1990, foi transferida do térreo para o terceiro andar do prédio anexo, seu acervo foi automatizado e publicou três bibliografias: Igreja Positivista do Brasil, Cidade do Rio de Janeiro e Acervo Vargas.
A partir de 2010, a Biblioteca iniciou um trabalho de reavaliação de seus processos de seleção, aquisição, organização, preservação do acervo e atendimento ao público, para encontrar a melhor maneira de colocar à disposição dos pesquisadores, internos e externos, a informação armazenada ao longo de sua história.

Voltar ao topo

Acervo
A Biblioteca do MR possui em seu acervo livros, folhetos, revistas, jornais, CDs e DVDs.
Especializada em história do Brasil, período republicano, possui também obras de Ciências Sociais, Biblioteconomia, Arquivologia, Museologia, Educação, Arte e Arquitetura etc, assim como informação sobre a memória institucional do Museu da República.

Voltar ao topo

Atendimento ao Público
A Biblioteca atende a pesquisadores internos e externos que necessitem utilizar seu acervo. A Biblioteca não realiza empréstimos para pesquisadores externos; o acervo está disponível apenas para consulta local. O acesso às estantes é restrito aos funcionários.
As consultas ao acervo podem ser realizadas às terças, quartas e quintas-feiras, entre 13h30 e 17h30, mediante agendamento prévio, com informações sobre a pesquisa, pelo e-mail mr.biblioteca@museus.gov.br e com um mínimo de 48h de antecedência. A pesquisa ao banco de dados é local e realizada por bibliotecárias. Portanto, este procedimento visa a permitir que a Biblioteca verifique se possui acervo pertinente, economizando, assim, o tempo do pesquisador.
A reprodução do acervo é orientada pela Instrução Normativa nº 1, de 15 de abril de 2013, do Instituto Brasileiro de Museus. As Normas de uso da Biblioteca podem ser lidas aqui

Voltar ao topo