Charges de Latuff sobre Museu Nacional viram mostra no Museu da República

A partri de 18 de outubro, Museu da República apresenta desenhos, fotos e charges do artista Carlos Latuff

As comemorações pelos 200 anos do Museu Nacional transformaram-se em luto após o incêndio que o destruiu, em 2 de setembro de 2018. Comemorar agora significa rememorar, trazer à memória a história do museu, recuperá-la dos escombros para que ela continue viva.

O Museu da República inaugura, em 19 de outubro, a mostra “Museu Nacional Vive”, com charges, fotografias e desenhos do artista Carlos Latuff que perpassam sua trajetória de criança a adulto, como visitante do Museu Nacional.

A iniciativa apresenta as lembranças de um Latuff menino e morador de São Cristóvão que, levado ao Museu Nacional por seu pai, desenhou itens de um acervo que era motivo de encantamento, principalmente entre as crianças.

Além de 16 desenhos, Latuff doou ao Museu da República duas charges sobre o triste episódio e fotografias, tiradas por ele na semana seguinte ao incêndio, registrando o que restou do prédio e o trabalho de rescaldo dos bombeiros. São estes itens, que testemunham o olhar do chargista como visitante do Museu Nacional, que compõem a mostra trazida ao público pelo Museu da República.

WhatsApp Image 2018-10-17 at 15.33.21

O Museu da República presta sua solidariedade ao Museu Nacional e aos seus servidores, funcionários e estagiários que em meio à tragédia reúnem esforços para reerguer e manter essa instituição fundamental ao ensino, ciência e cultura do país.

Visite o site: https://ufrj.br/museunacionalvive “Estar vivo é mais do que sobreviver: é resistir, é lutar, é reexistir! Aqui você acompanha tudo sobre a reconstrução do Museu Nacional: as últimas notícias, o que sai na mídia, moções de apoio e maneiras de contribuir com nossa memória. Acompanhe! #MuseuNacionalVive”.

Publicado em

Deixe seu comentário

COMETÁRIO
  1. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days