XVI Jornada Republicana

Espaço Multimídia
25. março . 2014 . terça
Mesa Redonda – 18h às 20h
Vagas limitadas. Entrega de certificado aos participantes.

Coordenação acadêmica
Mário Chagas
Professor da UNIRIO e Assessor do Museu da República/IBRAM.

Coordenação executiva
Kátia Frecheiras
Doutora e Mestre em Filosofia – Especialista em Educação em Museus e Pesquisadora do Museu da República/Ibram.

Mediação
Maria Helena de Macedo Versiani
Mestra em História Social pela UFRJ e Doutora em História, Política e Bens Culturais pelo CPDOC/FGV. Pesquisadora do Museu da República/Ibram.

Convidados
Maria Cristina Bruno de Oliveira
Professora Titular em Museologia do Museu de Arqueologia e Etnologia da USP. Licenciada em História pela Universidade Católica de Santos, com três especializações em Museologia pela Escola de Sociologia e Política de São, Mestra em História Social / Pré-História pela USP e doutorado em Arqueologia pela USP (1995). Livre-Docência em Museologia no MAE/USP e Professora Titular na Área de Museologia no MAE/USP. Atualmente coordena o Programa de Pós-Graduação Interunidades em Museologia (desde 2012), atuando na Linha de Pesquisa – “Teoria e Método da Gestão Patrimonial e dos Processos Museológicos”; participa do Programa de Pós-Graduação em Arqueologia, no âmbito da Linha de Pesquisa – “Gestão do Patrimônio Arqueológico”, ministrando disciplinas e orientando trabalhos de mestrado e doutoramento. É professora convidada da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias de Portugal, onde ministra seminários e orienta mestrados e doutoramentos no Centro de Estudos de Sociomuseologia. Foi responsável pelo projeto de criação do Memorial da Resistência de São Paulo.

Joana DArc Fernandes Ferraz
Graduação em História pela UERJ, Mestra em Ciência Política pela UFF e Doutora em Ciências Sociais pela UERJ. Atualmente é professora adjunta da UFF. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em violência e terror do Estado, atuando, principalmente nos seguintes temas: ditadura militar brasileira, memória e patrimônio, memória social, teoria da memória – trauma – violência e terror do Estado.

Confira as Jornadas Republicanas Passadas