Instituto Brasileiro de Museu

Museu da República

Museu da República se torna ponto de vacinação contra a Covid-19

publicado: 24/02/2021 19h32, última modificação: 24/02/2021 19h32

O Museu da República integrará a partir desta quinta (25/2) a rede de vacinação contra a Covid-19 no Rio de Janeiro.

Fechado à visitação desde a segunda quinzena de março de 2020, o Museu da República será um Posto Avançado de Vacinação, integrado ao calendário da cidade.

Em acordo com a Secretaria Municipal de Saúde e a Fiocruz, o Museu da República receberá em suas dependências uma equipe de saúde preparada para atender ao calendário de vacinação que, nesta semana, vacinará o público de 80 a 82 anos. Nas próximas semanas, a programação será agendada de acordo com o estoque de vacinas.

O horário de atendimento para vacinação será das 9h às 17h, de segunda à sexta-feira e, eventualmente, aos sábados. A proposta é que o Museu seja um ponto de vacinação especial durante pelo menos quatro meses.

O Museu da República, consciente de que está cumprindo a sua missão e a sua função social, além de acolher um Posto Avançado de Vacinação, vai também oferecer, cumprindo os protocolos recomendados, a partir da próxima semana, visitas especiais, em horários previamente fixados, para pequenos grupos de pessoas vacinadas e interessadas.

O Palácio do Catete e o Jardim Histórico do Museu da República ainda estão fechados ao público em geral. A abertura gradual com a realização, num primeiro momento, de visitas guiadas para pequenos grupos passará a ser realizada a partir de 21 de março de 2021.